Conhecimento “de” e “para” o agricultor foi destaque da 11ª Agrifam

Repasse de tecnologias marcou Feira realizada pela Fetaesp

As cerca de 30 mil pessoas que passaram pela Agrifam – Feira da Agricultura Familiar – nos três dias de sua 11ª edição, realizada de 1º a 3 de agosto em Lençóis Paulista (SP), puderam observar que o alimento não é a única iguaria cultivada pelas mãos de quem trabalha com agricultura.

Embrapa compareceu na 11ª Agrifam com 11 de suas 47 unidades de pesquisa (foto: Giuliano Martins)

Embrapa compareceu na 11ª Agrifam com 11 de suas 47 unidades de pesquisa (foto: Giuliano Martins)

O conhecimento foi o grande destaque do evento realizado pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp), pelo repasse de informações de pesquisadores para agricultores e destes para o público nas áreas do concurso de inventos. Em seu discurso de abertura – em que estavam desde o governador paulista Geraldo Alckmin, técnicos e engenheiros agrônomos, empresários do setor e principalmente, produtores rurais – o presidente da Fetaesp, Braz Albertini, evidenciou que “o agricultor precisa saber das novidades, porque tem que, cada vez mais, ter mais produtividade” e exemplificou o que pode ser encontrado de inovação na Agrifam.

Diferenciada por oferecer ao público um extenso panorama de pesquisa, tecnologia, produtos e serviços voltados para o desenvolvimento da atividade rural, a 11ª Agrifam celebrou o Ano Internacional da Agricultura Familiar concretizando o acesso ao conhecimento técnico para aumento da produção e aprimoramento da atividade. Foram as mais de 50 tecnologias apresentadas por onze das 47 unidades de pesquisa da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), além de um extenso painel de palestras abordando temas atuais para a agricultura e outras ações focadas no empreendedorismo rural. “Também somos agronegócio. A agricultura familiar é quem produz a maioria dos alimentos consumidos pelos brasileiros. É preciso atualizar a sociedade para uma visão equivocada que foi perpetuada por anos de que a agricultura familiar é uma atividade de subsistência.”, reforça Albertini.

O lançamento de novos modelos de máquinas e implementos foram fatores contribuintes para a Feira gerar uma movimentação financeira de R$ 19 milhões. “Já nos dois primeiros dias desta edição conseguimos superar nossa meta de vendas”, comemora Osmar de Souza, representante da marca Budny, uma das empresas expositoras na Feira.

Ganhador do primeiro prêmio do Concurso Inventor Rural, Sérgio Resner apresentou uma Semeadeira Manual de Hortaliças (foto: Giuliano Martins)

Ganhador do primeiro prêmio do Concurso Inventor Rural, Sérgio Resner apresentou uma Semeadeira Manual de Hortaliças (foto: Giuliano Martins)

Concurso – Outra marca registrada da Feira que trata de inovação é o tradicional Concurso Inventor Rural. As 45 criações participantes de inventores de sete estados brasileiros. “Isso demonstra o alcance da Agrifam para o país”, destaca Albertini. De Colombo (PR), veio o invento ganhador do primeiro prêmio. O agricultor Sérgio Resner, que já havia participado de outras edições do concurso, levou R$ 3 mil em dinheiro e troféu pela invenção Semeador Manual de Hortaliças. Para diminuir o ataque de vermes nos brincos de identificação dos animais, Oscar Nazareno de Sousa, de São José (SC), criou o Anel Repelente, e conquistou o troféu na segunda colocação e o montante de R$ 2 mil em dinheiro. Carlos Antônio Reckziegel trouxe sua Ensacadora e Compactadora de Silagem para faturar o terceiro lugar no Concurso, levando para Santa Cruz do Sul (RS), o prêmio de R$ 1,2 mil. Um prêmio especial foi oferecido a Nilo Deliberali, por sua adaptação na produção de mel, adaptando potes de vidro a já tradicional caixa de produção de abelhas para que o mel seja produzido direto na embalagem.

Internacional – A imprensa brasileira de cobertura regional e nacional realizou uma extensa cobertura do evento, focando todas as inovações disponíveis, com destaque para a estreia da agricultura de precisão e para as criações inusitadas e as que conquistaram prêmios no Concurso. As tecnologias da Embrapa e um sistema intensivo de produção de peixes foram temas de reportagens de uma equipe de imprensa do Paraguai, que segundo o repórter e engenheiro agrônomo Braulio Roman, “com certeza irá contribuir muito para a agricultura de seu país”.

A diretoria da Fetaesp informou durante 11ª Agrifam que a próxima edição será realizada novamente em Lençóis Paulista, de 31 de julho a 3 de agosto 2015.

Agrifam 2014: pesquisa para a agricultura familiar em destaque

Cerimônia de abertura contou com personalidades da agricultura e da política

"Também somos Agronegócio", afrima Braz Albertini em abertura da 11ª Agrifam (foto: Giuliano Martins)

“Também somos Agronegócio”, afirma Braz Albertini em abertura da 11ª Agrifam (foto: Giuliano Martins)

Políticos e personalidades da agricultura marcaram presença na abertura da 11ª Agrifam – Feira da Agricultura Familiar, realizada no Recinto Facilpa, em Lençóis Paulista (SP), no dia primeiro de agosto. A feira se estende até o domingo, 3 de agosto, e espera 30 mil visitantes.

A cerimônia de abertura começou às 10 da manhã e contou com diversos representantes do governo estadual e de instituições e entidades agrícolas. Nas falas dos participantes foi destacado que 2014 é o Ano Internacional da Agricultura Familiar e foram citados dados sobre a importância deste segmento no país, que representa 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros.

Braz Albertini, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp), ressaltou a importância da agricultura familiar na economia brasileira. Ele discursou sobre a necessidade de aumentar a inserção de tecnologia na agricultura familiar e elogiou o trabalho das instituições de pesquisa. “O agricultor precisa saber das novidades, porque ele vai ter que, cada vez mais, ter mais produtividade”, disse ele ressaltando um dos diferenciais da Agrifam que é o repasse direto de conhecimento em pesquisas e novas tecnologias disponíveis para o aprimoramento da produção na agricultura.

Albertini destacou ainda que a agricultura de precisão, tema que estreia nessa edição de 2014, ainda não é muito difundida no Brasil, mas deve ganhar terreno para desenvolver cada vez mais o trabalho do produtor rural brasileiro.  O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin foi uma das personalidades presentes que também ressaltou a importância da agricultura de precisão e lembrou que o primeiro curso para tecnólogo em mecânica para a tecnologia de precisão agrícola do Brasil foi criado no interior de São Paulo.

Geraldo Alckmin citou os programas vigentes voltados para a aquisição de implementos e tratores e ainda programas como o Microbacias 2, com  o intuito de agregar valor aos produtos derivados da agricultura. A citação evidenciava a ampla participação que órgãos estaduais têm na Agrifam, como as Secretarias do Meio Ambiente e da Agricultura, com suas coordenadorias e institutos.

Público confere atrativos da 11ª Agrifam em Lençóis Paulista (foto: Giuliano Martins)

Público confere atrativos da 11ª Agrifam em Lençóis Paulista (foto: Giuliano Martins)

Mônika Bergamaschi, Secretária da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, salientou que a Agrifam é importante para a troca de experiência entre produtores, pesquisadores e demais envolvidos na atividade agrícola. “É um ambiente que propicia negociações”, disse. A Secretária destacou ainda a possibilidade de tirar dúvidas com especialistas presentes na Feira sobre os mais diversos temas como conservação de solos, produção de mudas, tecnologias e o Cadastro Ambiental Rural, a “carteira de identidade do imóvel rural”.

Durante a abertura a Embrapa Instrumentação fez a assinatura do contrato de repasse da tecnologia conhecida como Jardim Filtrante com a empresa Ecosys, tendo também colaba assinatura do presidente da Fetaesp como testemunha da parceria. A tecnologia complementa o sistema de saneamento básico na área rural, também composto pela Fossa Séptica Biodigestora e Clorador Embrapa.

A próxima Agrifam já está agendada para ocorrer de 31 de julho a 2 de agosto de 2015.

colaboração: Paulo Beraldo

Fetaesp traz novidades para a 11ª Agrifam

Feira celebra Ano Internacional da Agricultura Familiar

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp) realiza no início de agosto a 11ª Agrifam – Feira da Agricultura Familiar. Neste ano, o evento trará novidades em pesquisa agrícola, na comercialização de produtos e serviços, e na atuação institucional no campo. A cerimônia de abertura acontece às 10h, com a presença de personalidades da agricultura e a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Vista aérea da Agrifam em Lençóis Paulista (foto: César Ramos/Arquivo Fetaesp)

Vista aérea da Agrifam em Lençóis Paulista (foto: César Ramos/Arquivo Fetaesp)

A agricultura de precisão é uma das novidades. Na área de pesquisas agrícolas e na de comercialização de produtos, os visitantes encontrarão equipamentos de alta tecnologia para o aprimoramento da produção. A Embrapa Instrumentação apresentará um drone, que poderá ser utilizado por pequenos produtores na gestão da lavoura. Junto com o aparelho serão demonstrados os softwares para análise das imagens captadas. “O conhecimento sobre agricultura de precisão ainda não chegou a 10% dos agricultores familiares. Queremos contribuir para esse percentual mude”, explica o presidente da Fetaesp, Braz Albertini. Na área comercial, haverá novas marcas presentes, com equipamentos de precisão, além de tratores, caminhões, implementos, insumos entre outros. Um sistema de produção intensiva de peixes será demonstrado na área de tecnologias aplicadas, como alternativa de atividade e renda aos agricultores, já que pode ser instalada em pequenas propriedades com um circuito hidráulico fechado. Um implemento capaz de plantar 380 mudas por hora também será comercializado na Feira. Haverá também uma empresa oferecendo serviços de georreferenciamento e consultoria ambiental para enquadramento ao Novo Código Florestal.

Já na área Institucional, a Fetaesp irá apresentar o trabalho realizado com a execução do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), contando com uma maquete ilustrativa em tamanho real de uma moradia do programa e a explicação sobre seus benefícios. A Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo está na Agrifam com uma equipe para auxiliar os produtores rurais visitantes na declaração do Cadastro Ambiental Rural (CAR). O Sebrae também realizará uma palestra sobre o CAR, ministrada no auditório central, às 13h30 da sexta-feira, além de estar com diversas ações na área institucional da feira, com destaque para fomentação do empreendedorismo na atividade rural.

Agrifam 2014 apresenta novidades em pesquisa, tecnologia e produtos (foto: Sérgio Siquinelli-Arq Fetaesp)

Agrifam 2014 apresenta novidades em pesquisa, tecnologia e produtos (foto: Sérgio Siquinelli-Arq Fetaesp)

A área de comercialização da produção da agricultura familiar contará com uma agroindústria operando dentro da Feira, coordenada pelo Itesp, que também realizará o preenchimento da Declaração de Conformidade ao PPAIS (DCONP-Programa Paulista de Agricultura de Interesse Social) e fará a entrega do Prêmio Itesp da Agricultura Familiar, na tarde do segundo dia de evento.

O Concurso Inventor Rural contará com 48 invenções nessa edição. O objetivo é fomentar a criação de instrumentos e ferramentas que facilitem a atividade rural, premiando os participantes.

A Agrifam 2014 ainda celebra o Ano Internacional da Agricultura Familiar, estabelecido pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (ONU-FAO), com objetivo de promover uma agricultura familiar sustentável ambiental e economicamente, através da conscientização pública e política, além de ampliar o potencial do setor de maneira sinérgica. Objetivo que a Agrifam vem promovendo ao longo de sua história, iniciada em 2003.

SERVIÇO:

11ª Agrifam – Feira da Agricultura Familiar
Data: 1, 2 e 3 de agosto
Horário: 8h às 17h
Local: Recinto de Exposições “José Oliveira Prado”
Endereço: Avenida Lázaro Brígido Dutra, 300 – Lençóis Paulista/SP
Entrada e Estacionamento Gratuitos
Mais informações: (14) 2106-2828
www.agrifam.com.br

Repasse de Tecnologia da Embrapa será assinado na abertura da 11ª Agrifam

Parceria será firmada na cerimônia de abertura da Feira, dia 1º, às 10 horas

A Embrapa Instrumentação (São Carlos – SP) dá mais um passo em busca de ampliar as ações de Saneamento Básico Rural no País. Na próxima sexta-feira (01/08), às 10h, durante a abertura da Agrifam – Feira de Agricultura Familiar -, em Lençóis Paulista (SP), será assinado o contrato para transferência de know-how da tecnologia conhecida como Jardim Filtrante com a empresa Ecosys.

A tecnologia complementa o sistema de saneamento básico na área rural, também composto pela Fossa Séptica Biodigestora e Clorador Embrapa. O Jardim Filtrante (conhecido tecnicamente como área alagada artificial, tratamento por zona de raiz ou wetland) é projetado para o tratamento da água cinza, aquela da pia, do chuveiro e tanques, que não são tratadas pela Fossa Séptica Biodigestora (trata a chamada água negra).

Embrapa faz ampla participação na 11ª Agrifam (foto: Gleice Bernardini-Arq Fetaesp)

Embrapa faz ampla participação na 11ª Agrifam (foto: Gleice Bernardini-Arq Fetaesp)

É similar a um pequeno lago impermeabilizado com geomembrana de borracha sintética (EPDM) ou equivalente, protegida por manta de bidim, coberta de brita e areia grossa. Plantas macrófitas aquáticas, como copo de leite, lírio do brejo, entre outras, retiram os nutrientes e contaminantes da água cinza para depurá-la. A manutenção do Jardim Filtrante é simples e tem boa eficiência na redução de material particulado, turbidez, material orgânico e acidez do esgoto. O custo do material depende de cada região onde for adquirido, mas gira em torno de R$2.000,00.

Atuação no Brasil e no exterior – A Ecosys Lagos Ornamentais é uma empresa com sede na cidade de Bauru (SP). Foi fundada em 2000, com o objetivo de buscar constantemente a geração de tecnologias e produtos inovadores, para isso, investe continuamente em pesquisa e desenvolvimento. Recentemente concluiu um convênio de cooperação técnica com a Embrapa Instrumentação para o “Desenvolvimento de Pacotes Tecnológicos para Saneamento Básico e Ambiental na área rural”, que agora resulta na transferência de know-how.

Especializada na construção, instalação e manutenção de lagos ornamentais, também comercializa acessórios para os lagos, como peixes, plantas aquáticas e sistemas de filtragem para manutenção da qualidade da água e tem desenvolvido trabalhos na África.

Os lagos ornamentais requerem conhecimento em áreas relacionadas à instalação e manutenção dos sistemas de saneamento básico tais como impermeabilização através de geomembranas de alta resistência e flexibilidade e desenvolvimento de sistemas de filtragem (que são pequenas estações de tratamento biológico da água).

Para o pesquisador da Embrapa Instrumentação Wilson Tadeu Lopes da Silva, que coordena os trabalhos ligados ao Saneamento Básico Rural, “essa transferência de Know-how vai ser fundamental para possibilitar ao usuário o acesso mais rápido à tecnologia. Esperamos potencializar o impacto econômico, social e ambiental com o Jardim Filtrante, e minimizar as deficiências existentes quando se fala em Saneamento Básico Rural no Brasil”.

Além dessas tecnologias, a Embrapa Instrumentação também apresentará, na Agrifam, sensores de baixo custo para irrigação – já transferidos para empresas para disponibilização no mercado – e softwares utilizados para tratamento de imagens captadas em câmeras fotográficas embarcadas nos chamados drones ou VANTs (Veículos Aéreos Não Tripulados), que terão demonstrações diárias.

Edilson Pepino Fragalle, Jornalista (MTB 21.837/SP)
Chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia
edilson.fragalle@embrapa.br
Joana Silva, Jornalista (MTb 19554)
joana.silva@embrapa.br
(16) 21072901 / (16) 21072843 / 99994 6160
Embrapa Instrumentação
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
São Carlos/SP
Edição: Depto de Comunicação Fetaesp

Concurso da Agrifam terá 48 inventos em 2014

Inventores demonstram suas criações em três dias de evento

Agricultor demonstra sua criação para público na Agrifam (foto: Giuliano Martins/Arq Fetaesp)

Agricultor demonstra sua criação para público na Agrifam (foto: Giuliano Martins/Arq Fetaesp)

O Concurso Inventor Rural, realizado na Agrifam – Feira da Agricultura Familiar – contará na edição de 2014 com 48 inventos. O objetivo do Concurso é incentivar a criatividade de agricultores na apresentação de inventos que possam facilitar a atividade no campo, através de criações produzidas de forma rústica, barata e, preferencialmente, com material reutilizável, com foco na sustentabilidade.

Os participantes terão os três dias de Agrifam para demonstrar suas invenções ao público visitante. Em edições anteriores, alguns agricultores tiveram contato com representantes de empresas e acabaram vendendo suas criações, que passaram a atender o mercado agrícola, tanto nacional como internacional.

Prêmio – Este ano, a premiação é de R$ 6,2 mil. O primeiro colocado receberá R$ 3 mil, enquanto o segundo prêmio é de R$ 2 mil, e R$ 1,2 mil é a premiação ao terceiro colocado – descontada a alíquota de 20% do imposto de renda. Um júri formado por técnicos de entidades e instituições ligadas à pesquisa e à atividade agrícola fará a avaliação dos inventos mediante as premissas do regulamento que se baseiam em apresentação, facilidade de adoção, de aplicação, do potencial de contribuição e da originalidade do invento. O resultado dos ganhadores é conhecido no início da tarde do último dia da Feira. Todos os concorrentes recebem certificado pela participação.

A Feira – A 11ª Agrifam ocorre de 1 a 3 de agosto, das 8 às 17h, no recinto de exposições “José Oliveira Prado”, comumente conhecido por recinto Facilpa, em Lençóis Paulista, localizado à Avenida Lázaro Brígido Dutra, 300. A entrada e o estacionamento são gratuitos. Mais informações em http://www.agrifam.com.br.

Temas atuais da agricultura em palestras na 11ª Agrifam

Primeiro dia de Feira conta com debate sobre a Anater

Durante os três dias da 11ª Agrifam – Feira da Agricultura Familiar – acontece uma série de palestras, com uma programação variada e que tem como objetivo informar, debater e atualizar os conhecimentos dos agricultores sobre os temas mais atuais da agricultura paulista e brasileira.

A maioria das palestras ocorre no auditório geral localizado no corredor central da Feira, com capacidade para cerca de 100 pessoas. Este ano mais um espaço contará com palestras, no estande do Sebrae, que é patrocinador da Agrifam. Os temas deste ano abrangem o Cadastro Ambiental Rural, Agricultura de Precisão, Piscicultura, Associativismo, Cooperativismo, Políticas Públicas, Comercialização da Agricultura Familiar no Mercado Varejista, e Produção Integrada de Alimentos. Na tarde do dia 1º, às 14h30, haverá um debate sobre a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater).

Os horários de realização serão das 9h30 até às 15h30. Não há necessidade de inscrições, basta estar no local no horário da realização. A Rádio Agrifam estará anunciando a programação de palestras do dia e alertando sobre seu início. Um folder com a programação será distribuído na Feira.

Palestras na Agrifam possibilitam atualização de conhecimentos da atividade rural (foto: Giuliano Martins-Arq Fetaesp)

Palestras na Agrifam possibilitam atualização de conhecimentos da atividade rural (foto: Giuliano Martins-Arq Fetaesp)

Com uma programação variada as palestras servem não só para os trabalhadores e agricultores rurais, mas também para técnicos, engenheiros e demais envolvidos com a atividade rural.

Confira a programação completa de palestras:

No espaço Palestras
Sexta – 01/08/2014
13h30 – Cadastro Ambiental Rural para Pequena Propriedade Rural, com Luís Adriano Alves Pinto, do SEBRAE
14h30 – Debate sobre a Anater
 
Sábado – 02/08/2014
9h30 – Desafios do Mercado Varejista Para as Pequenas Propriedade, com Luiz Felipe Cavallari, do Sebrae
10h30 – Agricultura de Precisão para Agricultura Familiar, com Ricardo Inamasu, da Embrapa
13h30 – CAR – Cadastro Ambiental Rural, com Caroline Vigo Coguetto, da Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo
14h30 – Quer Constituir uma Coperativa e não Sabe Como? O SESCOOP/SP tem o Programa Ideal para Você!, com Hugo de Castro e Andrade, do Sescoop/SP
 
Domingo – 03/08/2014
9h30 – Políticas Públicas, a confirmar
10h30 – Sistema Integrado de Produção de Alimentos – Sisteminha Embrapa, com Valdemir Queiroz de Oliveira, da Embrapa
13h30 – Associativismo e Cooperativismo, com Guilherme Santos e Campos, do Sebrae
14h30 – Monitoramento Técnico e Econômico em Pisciculturas Familiares, com Manoel Xavier Pedroza Filho, da Embrapa
 
No estande Sebrae
 
Sexta – 01/08/2014
14h – Programa Produza Fácil Agricultura
15h – Crédito Rural
 
Sábado – 02/08/2014
10h – Crédito Rural
13h30 – Programa Produza Fácil Agricultura
14h30 – Compras Públicas
15h30 – Programa Produza Fácil Agricultura
 
Domingo – 03/08/2014
11h – Programa Produza Fácil Agricultura
14h30 – Programa Produza Fácil Agricultura

 

Itesp amplia participação na Agrifam

Diversas ações acontecem simultaneamente na Feira da Fetaesp

Agricultores atendidos pelo Itesp comercializam seus produtos durante Agrifam (foto: Sérgio Siquinelli-Cedida)

Agricultores atendidos pelo Itesp comercializam seus produtos durante Agrifam (foto: Sérgio Siquinelli)

No Ano Internacional da Agricultura Familiar, declarado pela ONU, e menos de um mês após a inclusão da Feira Paulista de Assentamentos e Quilombos (Fepaq) no Calendário Turístico do Estado, por meio da Lei nº 15.511, de 16 de julho, a Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp) leva novamente o evento à Agrifam – Feira da Agricultura Familiar.

Nesta 11ª edição da Agrifam, que ocorre de 1 a 3 de agosto em Lençóis Paulista, das 8h às 17h, a Fepaq traz duas novidades. Uma delas é o Espaço PPAIS (Programa Paulista de Agricultura de Interesse Social). Neste estande institucional dois técnicos da Fundação Itesp, vinculada à Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania, e dois da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, estarão à disposição dos agricultores que quiserem obter a Declaração de Conformidade ao PPAIS (Dconp), documento que permite a agricultores familiares vender ao Estado produtos alimentícios no valor de até R$ 22 mil por ano, por meio do programa.

A outra é a inclusão na Agrifam, que tradicionalmente traz produtos in natura, processados e artesanatos, de um espaço para produtos processados de consumo imediato, como pães, tapioca, queijos, doces, compotas e bebidas. Ao todo, cerca de 50 produtores participam da Fepaq, trazendo mercadorias de assentamentos e comunidades remanescentes de quilombos, atendidos pela Fundação Itesp no Estado.

Flores de Holambra – A Associação dos Agricultores Familiares de Artur Nogueira (Aafan) estará presente pelo 6º ano consecutivo na Agrifam e venderá a preços acessíveis plantas e flores da região de Holambra como orquídeas e begônias.

Prêmio – A Agrifam também abrigará a cerimônia de premiação da 3ª edição do Prêmio Itesp da Agricultura Familiar, no dia 2 de agosto, a partir das 11h. Desta vez, o tema é a sustentabilidade da produção nas suas várias dimensões, com prêmios para os agricultores familiares que se destacaram por práticas adequadas e sustentáveis. As categorias deste ano são Bovinocultura de Leite, Produção Vegetal e Comunidade Quilombola; uma quarta categoria, Experiências Locais Relevantes, é composta de iniciativas indicadas pelos Grupos Técnicos de Campo do Itesp e três delas serão sorteadas e premiadas. Todos os semifinalistas das três primeiras categorias e os representantes das experiências locais receberão certificados de participação e serão convidados para a cerimônia de premiação.

Entrega do Prêmio Itesp da Agricultura Familiar na Agrifam virou tradição (foto: Gleice Bernardini-Arquivo Fetaesp)

Entrega do Prêmio Itesp da Agricultura Familiar na Agrifam virou tradição (foto: Gleice Bernardini-Arquivo Fetaesp)

Os vencedores receberão os seguintes prêmios: um kit cerca elétrica e um kit irrigação, doados pela Fundação Itesp; dois tratoritos, um oferecido pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp) e outro pela Elimar Máquinas e Equipamentos, de Campinas, em parceria com a Branco Motores; 120 caixas plásticas para hortifrúti, cortesia da Dot Plast de Cedral; uma chocadeira digital CPA 60, doada pela Pardal Tecnologia para Agroindústria, de Petrópolis (RJ); 10 toneladas de fertilizante orgânico, proporcionadas pela Organosolvi, de Coroados; duas ordenhadeiras mecânicas, uma patrocinada pela Reafrio, de Maravilha (SC), e outra pela Budny Equipamentos Agrícolas de Içara (SC) e pela Elimar Máquinas e Equipamentos; fornecimento de sal mineral por 1 ano, pela Maxi Nutrição Animal; um perfurador de solo da Branco Motores e uma Máquina Costal de 16 litros da Sanmaq, ambos doados pela Jima Sistemas de Irrigação, de Jales; e um kit de irrigação familiar de 500 m2, um oferecimento da Netafim.

O Prêmio Itesp da Agricultura Familiar foi criado em 2012, por iniciativa do diretor executivo da fundação, Marco Pilla. O objetivo é reconhecer, valorizar e dar maior visibilidade aos agricultores familiares, assentados e quilombolas, no Estado de São Paulo, em especial os que adotam práticas sustentáveis de agricultura, além de estimular e fortalecer o trabalho das equipes técnicas que atuam com esses produtores.

Jornalista responsável: Amanda Barreto
Contatos: (11) 3293-3368 / (11) 97549-8770
E-mail: amandabarretoitesp@gmail.com
Edição: Departamento de Comunicação Fetaesp