AGRIFAM 2015 cumpriu seu papel com êxito

A maior feira de agricultura do Brasil levou tecnologia, pesquisas e oportunidades de negócios a cerca de 30 mil agricultores

Ao longo de três dias de feira, a 12ª edição da Feira da Agricultura Familiar, a Agrifam, apresentou tecnologias, informação, pesquisas e gerou oportunidades de negócios para dezenas de milhares de agricultores. A feira, realizada e organizada pela Fetaesp, ocorreu em Lençóis Paulista.

Neste ano, em torno de 30 mil pessoas passaram pela Agrifam. “Foi um público maior do que em outras edições e, embora todos os tipos de públicos tenham passado pela feira, a presença predominante foi de produtores rurais”, enfatiza o presidente da Fetaesp, Braz Albertini.

Por meio de parcerias com o Sebrae, com o Instituto BioSistêmico (IBS) e com prefeituras, mais de uma centena de caravanas partiram de diferentes cidades paulistas, de outros estados do Sudeste, Sul, até do Estado de Goiás para visitar a feira. A estimativa é que a AGRIFAM 2015 tenha gerado uma movimentação financeira de R$ 16 milhões.

Proprietários de revendas que expuseram na AGRIFAM 2015 comemoram o sucesso da participação na feira. “Foi nossa primeira participação na Agrifam, fomos sem previsão de venda, para ver como era a feira e saímos satisfeitos”, afirma Rui Achiles, proprietário de uma revenda de implementos agrícolas localizada no município de Garça, região de Bauru. Segundo Achiles, na Agrifam, a empresa protocolou a venda de oito tratores e 16 implementos, totalizando R$ 649 mil.

Patrocinadores da Agrifam, o Sebrae e o Sistema Ocesp / Sescoop, ao longo da feira, deram orientações sobre empreendedorismo e cooperativismo, respectivamente. Essas e outras entidades ainda realizaram palestras para os agricultores familiares, assim como o Banco do Brasil, que também patrocinou a Agrifam e montou uma agência dentro da feira para que agricultores pudessem fechar na hora negócios com as empresas expositoras. Já a Fetaesp tratou da temática habitação rural na palestra de Elias David de Souza, diretor da federação.

Participando da feira pela primeira vez, a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) assinou um programa de cooperação técnica com o Governo do Estado, o Pró-Genética, que garante apoio da CATI a pequenos agricultores que investirem em melhoramento genético por meio do programa. A associação ainda vendeu quatro touros puros de origem na Agrifam.

Transferência do Gabinete

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, atendeu representantes de associações e autoridades locais em seu gabinete, montado dentro da feira, e participou de diversas atividades com os agricultores durante a Agrifam.

Entre as ações realizadas no estande da secretaria na feira, foram entregues sementes de milhos da cultura indígena para a Funai devolver a aldeias depois de passarem por processo de recuperação no Departamento de Sementes de Cati. A agricultora indígena da etnia Kaingang que tinha as poucas sementes da espécie de milho, a partir da qual os técnicos puderam reproduzir quilos de semente foi homenageada durante o evento.

Na Agrifam, a Cati também lançou variedades de sementes de milho de pipoca e de sorgo. Outros órgãos ligados a secretaria, como Apta e IAC, apresentaram pesquisas e deram orientações aos agricultores, com destaque para aquaponia, apresentada pela Apta, que integra a produção de lambaris e hortaliças.

Pesquisa

Embrapa, Unesp, Esalq/USP, FIB e Fatec levaram conhecimento até o agricultor na AGRIFAM 2015. A Embrapa apresentou softwares que podem auxiliar o produtor no dia-a-dia, realizou lançamentos de livros e mostrou informações sobre suas pesquisas durante a Agrifam. Grupos de extensão da Esalq/USP também estiveram na feira. A Agrifam contou ainda com a participação da Unesp de Botucatu.

Segundo o presidente da Fetaesp, a Agrifam visa tornar ainda maior a participação das universidades na feira. “O produtor rural muitas vezes desconhece o potencial da universidade. A Agrifam faz a interação entre agricultor e universidade, pois se o agricultor não vai até a universidade e a universidade também não vai até o produtor, ela não sabe quais são as necessidades do produtor”, observa Albertini.

Inventor Rural

No último dia da Agrifam, ocorreu a premiação do Concurso Inventor Rural que, mais uma vez, também foi sucesso de público. O concurso conta com o apoio do CNPQ e do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação, tanto que o ministro Aldo Rebelo, responsável pela pasta, esteve presente na Agrifam.

Rebelo participou da solenidade de abertura junto com o Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, prefeitos, deputados e outras autoridades. Nesta edição do Concurso Inventor Rural, entre os mais de 40 inventos apresentados, a desengaçadeira de uvas do inventor Enio Nilo Schiavon levou o primeiro lugar.

Vem mais por aí

Depois de a AGRIFAM 2015 apresentar diversas oportunidades de negócios e aprendizados para os visitantes, a equipe da Fetaesp já começa a se preparar para a 13ª Agrifam. A próxima edição da feira deve apresentar diversas novidades e será realizada no segundo semestre de 2016, mais uma vez no município de Lençóis Paulista.

Departamento de Comunicação Fetaesp

Foto: Geocom / Agrifam

Com recorde de público, 12ª Agrifam cumpre objetivo de repassar tecnologias aos agricultores

Em torno de 30 mil pessoas visitaram a maior feira de agricultura familiar do Brasil entre os dias 31 de julho e 2 de agosto. Agricultores de diferentes estados e moradores de cidades da região marcaram presença na feira. A AGRIFAM 2015 terminou neste domingo com a premiação do tradicional Concurso Inventor Rural.

PauloPalmaBeraldoAgrifam2015 (1) (Copy)

Vencedores do Concurso Inventor Rural exibem os troféus, certificados e os cheques. (Foto: Paulo Palma Beraldo/Agrifam)

Enio Schiavon, inventor da cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, faturou o primeiro lugar no concurso, com sua desengaçadeira manual de uvas. A segunda colocação foi para o também gaúcho André Dannebrock, de Imigrantes, com o invento carrinho para abastecimento de ração. Em terceiro lugar ficou Noredi Queiros, do município de Bauru, no interior paulista, com o invento filetador de ripas de bambu.

Já o agricultor Roberto Vasques aproveitou a AGRIFAM 2015 para comprar um trator novo para sua propriedade. O produtor elogiou o valor e a qualidade das máquinas comercializadas na feira. “O preço está muito melhor do que em outros lugares”, analisa.

cursos-ead-sebrae

O Sebrae patrocinou a AGRIFAM 2015

Para Luiz Carlos Ramires, proprietário de uma revenda de máquinas agrícolas, que expõe na feira pela terceira vez, a AGRIFAM 2015 foi um sucesso. “A feira foi muito boa. As vendas superaram as expectativas”, observa o revendedor, que comercializou 60% a mais do que previa. Ramires já confirma a presença de sua empresa na próxima AGRIFAM.

Além dos negócios fechados, a AGRIFAM também foi sucesso para a divulgação de novas tecnologias e informações para os agricultores familiares. Os estandes de instituições de pesquisa como Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Agência Paulista de Tecnologias dos Agronegócios (APTA), Instituto Agronômico (IAC), Esalq/USP e da Unesp de Botucatu permaneceram lotados nos três dias de feira.

“O interesse do público da Agrifam é muito grande. Eles aprendem com a gente e nós com eles. É uma das feiras que mais gosto”, afirma Marcelo Mikio, pesquisador da Embrapa Hortaliças. Os agricultores também aproveitaram a oportunidade para receber orientações sobre cooperativismo, no estande da Ocesp/ Sescoop e empreendedorismo, no estande do Sebrae, patrocinadores da AGRIFAM 2015.

Assessoria de Comunicação AGRIFAM 2015
Luciana Villar
Everton Sylvestre
Paulo Palma Beraldo

Fetaesp comemora sucesso da AGRIFAM

A estimativa é que em torno de 30 mil pessoas visitaram a AGRIFAM 2015 durante os três dias de feira

“Foi um público maior do que em outras edições e, embora todos os tipos de públicos tenham passado pela feira, a presença predominante foi de produtores rurais”, comemora Braz Albertini, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetaesp), entidade que realiza e organiza a Agrifam.

Mais de 30 mil visitantes passaram pela Agrifam 2015 (Foto: Everton Sylvestre/Fetaesp)

Mais de 30 mil visitantes passaram pela Agrifam 2015 (Foto: Everton Sylvestre/Fetaesp)

O presidente da Fetaesp enfatiza ainda que, além da Agrifam ter atingido seu público alvo, o evento contemplou os outros eixos participantes da AGRIFAM 2015. “A feira é voltada para a agricultura familiar, mas a agricultura empresarial também se destacou na Agrifam”, analisa. Albertini observa que o agricultor empresarial marca presença na feira. “Houve inclusive a venda de retroescavadeira, que não é uma máquina que costuma ser usada na agricultura familiar”, comenta.

cursos-ead-sebrae

O Sebrae foi patrocinador da AGRIFAM 2015

Proprietários de revendas que expuseram na AGRIFAM 2015 comemoram o sucesso da participação na feira. “Foi nossa primeira participação na Agrifam, fomos sem previsão de venda, para ver como era a feira e saímos satisfeitos”, afirma Rui Achiles, proprietário de uma revenda de implementos agrícolas localizada no município de Garça, região de Bauru. Segundo Achiles, na Agrifam, a empresa protocolou a venda de oito tratores e 16 implementos, totalizando R$ 649 mil.

A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), que participou pela primeira vez da Agrifam e aproveitou a ocasião para assinar com o Governo do Estado o convênio de cooperação Pró-Genética, comercializou quatro touros Puros de Origem (PO) na AGRIFAM 2015. A organização da feira estima que esta edição da Agrifam tenha gerado uma movimentação de aproximadamente R$ 16 milhões, número dentro do padrão levando-se em conta o cenário econômico atual e a movimentação financeira gerada por outras feiras neste ano.

O Banco do Brasil e o Governo Federal patrocinaram a 12ª AGRIFAM.

O Banco do Brasil patrocina a 12ª AGRIFAM

A troca de conhecimento e a transferência de tecnologia mais uma vez foram destaques na Agrifam. A feira contou com a participação da Embrapa, de universidades, institutos de pesquisas, ETECs, Fatecs; instituições que apresentaram diversas tecnologias aos agricultores. Pesquisadores e produtores rurais mais uma vez puderam dialogar, trocar informações, passar orientações. “O objetivo da Agrifam é cada vez mais aumentar a participação das universidades na feira”, ressalta Albertini.

O presidente da Fetaesp considera ideal a participação de pelo menos dez universidades na Agrifam, uma intenção da organização da feira para 2016. “O produtor rural muitas vezes desconhece o potencial da universidade. A Agrifam faz a interação entre agricultor e universidade, pois se o agricultor não vai até a universidade e a universidade também não vai até o produtor, ela não sabe quais são as necessidades do produtor”, pontua.

Braz Albertini enfatiza a importância das empresas e demais entidades patrocinadoras da Agrifam, que viabilizam a realização da feira. As ações dos patrocinadores Sebrae, com foco no empreendedorismo, e da Ocesp/ Sescoop, voltadas para o cooperativismo, também foram destaques durante a AGRIFAM 2015. O concurso Inventor Rural, que tem o apoio do CNPQ e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, mais uma vez chamou a atenção do público e serviu para compartilhar ideias que podem ser aplicadas por outros agricultores em seu dia-a-dia.

“A agricultura familiar não é de subsistência, ela tem potencial para produzir e exportar. E não só tem potencial, ela já produz significativamente”, destaca Albertini. Ações como a Agrifam visam fazer com que o agricultor familiar produza ainda mais. A organização da feira celebra os resultados alcançados com a AGRIFAM 2015 e já começa a planejar a 13ª Agrifam, que ocorre no município de Lençóis Paulista em agosto de 2016.

Fotos: Everton Sylvestre / Fetaesp

Departamento de Comunicação Fetaesp

Parabéns, agricultor familiar!

28 de julho, dia do agricultor

Este dia é dedicado aos agricultores, pessoas que lidam com a terra e que com suas mãos produzem alimentos para o mundo. Essa data é comemorada desde o dia 28 de julho de 1960, quando o então presidente Juscelino Kubstichek criou o Ministério da Agricultura.

A contribuição dos agricultores para o País é enorme desde o início da história do Brasil. Existem centenas de cidades que não teriam avançado tanto sem a força do campo e outras que sequer existiriam, já que é das propriedades agrícolas que vem a produção dos alimentos.

A Fetaesp vem trabalhando há 53 anos para melhorar as condições de trabalho no campo. Hoje em dia 15 milhões de brasileiros vivem da terra e são responsáveis por mais de 20% da economia brasileira e pela maior parte dos alimentos consumidos nas mesas do país.

A agricultura familiar, em especial, representa 70% dessa produção e precisa de mais atenção do poder público, justificando o trabalho da Federação em defesa desse segmento.

“Hoje é o dia de parabenizarmos os agricultores, que contribuem para o engrandecimento do Brasil”, diz Braz Albertini, presidente da Fetaesp.

Aproveitamos a oportunidade para convidá-lo para a Agrifam, a feira organizada pela Fetaesp desde o ano de 2003 com o objetivo de levar tecnologias e melhorar a qualidade de vida de quem vive no campo. Este ano, a feira será realizada entre os dias 31 de julho e 02 de agosto, na cidade de Lençóis Paulista, das 8h às 17h. A entrada e o estacionamento são gratuitos.

Ação cooperativista orienta produtores rurais na AGRIFAM

Estande da Ocesp e Sescoop/SP terá consultoria e palestras sobre cooperativismo e programas dos governos federal e estadual de apoio à agricultura familiar

Dados da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) mostram que a agricultura familiar geramais de 80% da ocupação do setor rural e responde no Brasil por 7 em cada 10 empregos no campo e por cerca de 40% da produção agrícola.11813507_853548444728653_8658244658294010870_n

Na agricultura familiar, o produtor é proprietário de uma área não superior a quatro módulos fiscais e a mão-de-obra predominante é a própria família.

Os governos federal e estadual disponibilizam atualmente uma série de programas de crédito e de aquisição de alimentos para incentivar os pequenos agricultores, que muitas vezes não aproveitam esses benefícios por desconhecimento ou dificuldades de acesso.

Por isso, entre os dias 31 de julho e 2 de agosto, na 12ª Agrifam (Feira da Agricultura Familiar), em Lençóis Paulista (região de Bauru), consultores do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/SP) irão orientar e mostrar as vantagens do cooperativismo na agricultura familiar, além de tirar dúvidas sobre os programas governamentais.

O Estado de São Paulo possui 1.105 cooperativas e mais de 4 milhões de cooperados. O setor agropecuário tem 136 cooperativas destas 30 (22%) são familiares, com 3.000 cooperados, que produzem principalmente hortifrutigranjeiros.11817123_853548391395325_5049543927752353852_n

A Agrifam, realizada pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp), com o apoio da Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (Ocesp) e do Sescoop/SP, é a maior feira de agricultura familiar do Brasil.

De acordo com o presidente da Ocesp e do Sescoop/SP, Edivaldo Del Grande, por possuir um corpo técnico qualificado, o sistema cooperativista é uma ferramenta à disposição dos empreendimentos familiares para alavancar os negócios.

“Vamos levar o nosso conhecimento e apresentar ao agricultor, que atua de forma individual ou em cooperativa, que o pequeno empreendimento coletivo pode crescer desde que se prepare e aproveite as oportunidades”, reforça Del Grande, que participará da abertura do evento.

Programas

Os consultores do Sescoop/SP estarão à disposição do público para orientar sobre a constituição e o funcionamento das cooperativas. Em relação aos programas do governo federal e estadual,haverá informações sobre as linhas de crédito –a juros mais baixos- disponíveis para pequenos agricultores e cooperativas, como Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) e o FEAP (Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista.

Outra alternativa de trabalho e renda para a agricultura familiar é o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). O programa beneficia alunos das escolas das redes públicas de educação básica que consomem alimentos provenientes da agricultura familiar.

“Queremos divulgar na Agrifam que o cooperativismo pode ajudar a agricultura familiar a se desenvolver de forma sustentável e, ao mesmo tempo, dar dicas para quem participa do sistema e precisa melhorar o seu negócio”, reforça o gerente de Monitoramento do Sescoop/SP, Luis Antonio Schmidt.

Além do atendimento no estande, o consultor Vlademir Oliveira fará no dia 1º de agosto (sábado), às 10h30, no espaço Fetaesp, uma palestra sobre o POC (Programa de Orientação Cooperativista),dirigido a grupos interessados em desenvolver alguma atividade dentro do universo cooperativo.

O POC iniciou as atividades em 2013 e realizou até o primeiro semestre deste ano 96 ações, beneficiando mais de 1.000 pessoas. Entre as atividades que o programa desenvolve estão: diagnóstico do grupo, sistema cooperativista, viabilidade econômica e social e oficinas de plano de negócios.

Serviço

12ª Agrifam (Feira da Agricultura Familiar)

31 de julho a 2 de agosto

Horário: 8h às 17h

Local: Recinto de Exposições “José Oliveira Prado”

Endereço: Avenida Lázaro Brígido Dutra, 300 – Lençóis Paulista/SP

Entrada e estacionamento: Gratuito

Palestra Quer Constituir uma Cooperativa e não sabe como? O Sescoop tem o programa ideal para você.

Palestrante: Vlademir Oliveira

Quando: 1º de agosto

Horário: às 10h30

Local: Espaço Fetaesp – Agrifam

Sebrae fará atendimento especializado para empreendedores do agronegócio

O estande, com 100 metros quadrados, será equipado com sala de recepção, mesas para atendimento e consultores especialistas em agronegócios.

sebrae agrifam

Estande do Sebrae estará na feira com consultores especializados em temas agropecuários. (Foto: Arquivo Fetaesp)

Durante a Agrifam (Feira da Agricultura Familiar), o produtor rural poderá contar com atendimento especializado dos consultores do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

O Sebrae também promoverá palestras em seu espaço, entre os temas abordados durante a Agrifam 2015, estão: embalagem de frutas e hortaliças; código de barras; planejamento da produção, com oficinas Produza Fácil e Planeja Leite.

O produtor rural que visitar o estande do Sebrae, na Agrifam 2015, também vai poder conhecer melhor o Inova Agro, que tem por objetivo o desenvolvimento de programas e projetos do agronegócio. Os recursos desse programa visam impulsionar a produtividade e a competitividade por meio da inovação tecnológica.

Para o presidente da Fetaesp e idealizador da Agrifam, Braz Albertini, a participação do Sebrae é fundamental para o agricultor familiar que pretende expandir seus negócios. “Os pequenos produtores podem durante a própria feira consultar o Sebrae sobre o melhor negócio a ser fechado na Agrifam”, observa.

cursos-ead-sebrae

Sebrae patrocina a AGRIFAM 2015

O Sebrae considera que sua presença na Agrifam consolida a marca no setor da agricultura familiar, que é um dos promotores da economia nacional. Responsável pela produção de alimentos, energia, fibras, entre outras matérias-primas, a agricultura familiar tem forte participação na manutenção da sociedade. Porém, como muitos outros setores, carece de apoio para seu crescimento e desenvolvimento.

Agrifam

A AGRIFAM 2015 é uma realização da Fetaesp (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Estado de São Paulo) e ocorre no recinto de exposições “José Oliveira Prado”, mesmo local das feiras Facilpa e Expovelha.

Este ano é esperado um público de 30 mil visitantes e a expectativa é de uma movimentação financeira de aproximadamente R$ 20 milhões. O Sebrae é patrocinador da AGRIFAM 2015.

A 12ª edição da Agrifam é realizada de 31 de julho a 02 de agosto, das 8 às 17h, com entrada e estacionamento gratuitos, na cidade de Lençóis Paulista/SP.

Fonte: Departamento de Comunicação Fetaesp

ABCZ vai assinar convênio com Governo de São Paulo durante a Agrifam 2015

Estreia marca a entrada do programa Pró-Genética no Estado de São Paulo, por meio da assinatura de um convênio entre a ABCZ e o governo estadual.

Pela primeira vez a ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) vai participar da AGRIFAM, Feira da Agricultura Familiar e traz novidades.

Sede da ABCZ em Bauru/SP (Foto: Everton Sylvestre/Arquivo Fetaesp)

Sede da ABCZ em Bauru/SP (Foto: Everton Sylvestre/Arquivo Fetaesp)

Um convênio será assinado durante a Feira, com a presença de autoridades do Governo do Estado, como o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, e a diretoria da ABCZ.

São Paulo é o 14º estado a assinar o convenio de cooperação técnica com a associação. O acordo garante apoio técnico da Cati ao pequeno produtor rural que investir em melhoramento genético por meio do Pró-Genética.

“A extensão rural é fundamental para que o projeto dê certo. Por isso a parceria com os governos estaduais é tão importante”, afirma Rivaldo Machado Borges Junior, diretor do programa Pró-Genética da ABCZ.

Para Borges, a AGRIFAM 2015 será uma grande oportunidade de abrir o mercado de São Paulo, pois os resultados obtidos até agora nos outros estados comprovam que o investimento em genética zebuína alavanca a economia do pequeno produtor rural.

O presidente da Fetaesp e idealizador da feira, Braz Albertini, comemora a vinda da ABCZ para o rol de expositores da AGRIFAM. “É uma importante oportunidade para os pequenos produtores paulistas de carne e leite terem acesso a tecnologias que permitam a compra de reprodutores para o melhoramento genético de seu plantel”, afirma Albertini.

O Banco do Brasil e o Governo Federal patrocinaram a 12ª AGRIFAM.

O Banco do Brasil patrocina a 12ª AGRIFAM.

Durante a AGRIFAM, os agricultores familiares poderão conhecer de perto o programa Pró-Genética. Além disso, têm a possibilidade de fechar negócios diretamente com os criadores e utilizar linhas de crédito disponíveis pelo Banco do Brasil, como o Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar).

O Banco do Brasil terá uma agência instalada na AGRIFAM 2015 com atendimento especializado para dar encaminhamento às propostas de crédito, facilitando a concretização das negociações.

Os agricultores que visitarem a feira também podem contar com apoio do Sebrae-SP, que terá um estande na AGRIFAM 2015 com várias ações em prol do empreendedorismo rural.

Agrifam

A AGRIFAM 2015 é uma realização da Fetaesp (Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Estado de São Paulo) e acontece no recinto de exposições “José Oliveira Prado”, mesmo local das feiras Facilpa e Expovelha.

Este ano é esperado um público de 30 mil visitantes e a expectativa é de uma movimentação financeira de aproximadamente R$ 20 milhões.

A AGRIFAM 2015 acontece de 31 de julho a 02 de agosto, das 8 às 17h,com entrada e estacionamento gratuitos, na cidade de Lençóis Paulista/SP.

Fonte: Departamento de Comunicação Fetaesp